Acompanhe aqui as novidades
no mundo do MMN

Dicas para criar uma empresa de Marketing Multinível

Atualmente, criar um negócio é muito mais fácil do que alguns anos atrás. Por isso, talvez esta é a oportunidade pela qual você sempre sonhou. Tenho uma notícia excelente, o mercado está ao seu favor!!! O Marketing Multinível, também conhecido com Marketing de Rede, é uma modalidade que cresce a bom ritmo, segundo a ABVD (Associação Brasileira de Vendas Diretas), o mercado tem crescido 10% ao ano desde 2015. A falta de emprego e a crise que o Brasil enfrenta, é um incentivo para a população procurar uma alternativa de aumentar sua renda mensal com algum tipo de renda extra, quando não a única renda de uma família e, é no mercado de Marketing Multinível e Vendas Diretas que a população mais busca uma alternativa. Viu só!? Este parece ser seu momento!! Mas antes de criar uma empresa de MMN existem alguns passos que são importantes à serem seguidos. Veja só:

Dica 1 – Escolher um nome, cria uma empresa e registar a marca:

Depois de pensar em vários nomes, você deve escolher o melhor que reflete quem sua empresa é. Após isto, criar uma ou mais empresas (CNPJ) com esse nome para suportar o negócio no país atuante e, também bastante importante: registar a marca e vários domínios, para que ninguém possa usar a sua marca.

Dica 2 – Escolher um produto ou serviço:

O mais importante, em qualquer empresa de marketing multinível é o produto ou serviço. Escolha um que seja revolucionário ou de fácil consumo para o cliente final. Pode ser na área de estética, alimentício, saúde, cursos, club de compras/descontos, entre outros… Existe uma gama de produtos/serviços que podem ser explorados neste mercado.

Dica 3 – Crie uma estrutura de comissões atrativa:

A estrutura de comissões, também conhecida como plano de compensação/negócios, incentivos ou cashback, deve ser fácil de entender e lucrativo para todos os membros além de ser sustentável para a empresa. Sua empresa tem que levantar todos os seus custos e manter uma margem de segurança para a estruturação do plano.

Dica 4 – Evitar qualquer semelhança com esquemas de Pirâmide financeira:

Evitar planos de compensação insustentáveis, que mais cedo ou mais tarde irão trazer problemas. Todas as pessoas querem dinheiro fácil, mas devem entender que não existe uma fórmula secreta de alcançar isso. Se a pessoa não é herdeira de uma herança milionária ou ganhador na mega-sena (como eu no caso que me encaixo nas duas situações, rsrs) terá que trabalhar bastante!!!

Dica 5 – Gerar credibilidade para o negócio:

Isto significa que desde um web site, comunicação com seu público, sede da empresa etc… É necessário gerar uma sensação de segurança a seu associado. Se associar a nomes importantes à empresa é um caminho muito bom também. Um exemplo prático, é ter parcerias com nomes de influência para promover produtos ou ter a sua própria linha de produtos. São várias as empresas que fazem isso e com sucesso.

Dica 6 – De um preço justo ao seu produto:

O que seria um preço justo? Acredito que um preço justo é aquele preço que seu produto vale e que compense ao revendedor quanto a empresa. Hoje os clientes finais não estão a procura apenas de preço, o que todos queremos é pagar por algo que nos gere solução, e é importante que você realize uma análise no mercado que está querendo vender seus produtos. Conhecer preços e qualidade de concorrentes também é fundamental. Após estas análises, você terá condições reais de qual o valor de seu produto (qualidade, solução); e preço de venda (R$, grana, money).

Dica 7 – Definir plano de carreira para subir no negócio:

Para incentivar os melhores distribuidores a criar uma grande rede de empreendedores e vender muitos produtos, você deve criar níveis de carreira, por exemplo: Bronze / Prata / Ouro / Diamante etc… Existem outras nomenclaturas que você pode dar ao seu plano de carreira, mas estes níveis tem devem possuir requisitos para serem atingidos pelos seus associados. Além é claro de algo que incentive seus associados a se esforçarem o máximo para conseguir estes feitos. Alguns exemplos de como remunerar seu associado são: prêmios, viagens, % maior nas bonificações, divisão de lucro da empresa, entre outros.

Dica 8 – Encontrar lideres que sabem recrutar e vender:

Para alavancar o negócio e começar com o pé direito, você precisa encontrar aquela pessoa que como diz o ditado: “vende até fósforo queimado e cadastra o próprio dono do negócio”. Este é o Líder, o “cara”, aqueles que estão dispostos a fazer tudo para o sucesso da empresa, mas também para subir no plano de carreira e ganhar ainda mais. Para este tipo de pessoa, é importante que a empresa crie um fundo do faturamento para dividir com eles e mante-los incentivados.

Dica 9 – Criar as ferramentas necessárias para ajudar os Distribuidores a alcançar o sucesso:

Com tudo pronto, está na hora de investir dinheiro na criação de material de marketing, site, escritório virtual e folhetos. Crie uma experiência única junto à empresa, que não só vai atrair novos distribuidores, como ajudá-los a vender produtos mais rápido do que pensam.

Dica 10 – Criar eventos periódicos para gerar mais interesse, comunicar com os distribuidores e alavancar a empresa:

Para incentivar os distribuidores, mas também para apresentar as novidades da empresa e ajudá-los a ter sucesso, você precisa fazer novos eventos de tempos em tempos, para mostrar que o sucesso só depende de cada distribuidor e das suas vendas.

Dica 11 – Use o marketing ao seu favor:

Seu plano é algo que vai ajudar muitas pessoas e ser altamente lucrativo não é mesmo? Então você precisa anunciar isso, uma empresa de marketing digital/publicidade irá lhe auxiliar nesta etapa. Você precisa anunciar seus pontos fortes, a qualidade de seu produto, depoimentos de quem usa, depoimentos de quem está no negócio e etc… É necessário viralizar isso na internet e em todo lugar que for possível! As pessoas precisam saber do seu negócio!

E não esqueçam o mais importante: O Gerenciamento do seu negócio!

Isso é algo que muitas empresas pecam, o gerenciamento do negócio. De nada adianta você ter cumprido as 11 dicas e não conseguir gerenciar bem sua empresa. Para isto, é muito importante um software de gestão, que fará todo o controle de bonificações, posicionamento nas redes, gerenciamento dos planos de carreira, entre outros. O sistema tem que ser o melhor! Ele precisa ser seguro e responsivo para acesso através do celular, com layout limpo para não agredir a experiência de uso de seu distribuidor. O fornecedor tem que ser uma empresa consolidada no mercado, com premiações e órgãos competentes que certifica seu serviço. Nós da Komeia preenchemos todos estes requisitos. Somos uma empresa com mais de 11 anos neste mercado, com premiações que certifica nosso trabalho, e um sistema que é excelente para gerenciar seu negócio! Mãos a obra!

Compartilhar nas redes sociais

Leia também